Vem brincar que o circo já chegou..

Acordei de um modo muito estranho essa manhã, estava a dormir como o anjo que sou e então fui despertado por um carro som com um jingle de um certo candidato a vereador (não citarei nome para não fazer campanha)  abri os olhos e então pensei “começou a palhaçada”.

Levantei, levei minha mãe ao banco e no caminho percebi que a cidade já estava tomada por números, fotos e nomes de pessoas que até ontem eu não fazia ideia de quem eram. Então ao chegar em casa pude perceber que o facebook tinha se tornado um vitrine para políticos.

SOCORRO!


Pensei, é agora que eu excluo a minha conta nessa rede social. Respirei fundo. Abri uma cerveja e voltei para o facebook. O QUE VOCÊ ESTA PENSANDO AGORA? Invadir um cinema e meter bala para todos os lados? Excluir todos os propagadores de mensagens relacionadas ao tema? Votar em Clark Crente? Nada disso, decidi apenas postar em meu mural um comentário simples e pequeno sobre o assunto: briga entre partidos político é algo tão bestinha que chega a ser engraçado.

Tinha como intenção cutucar de forma indireta essas pessoas que estavam/estão a fazer campanha através da rede criada por Mark Zuckerberg, esperava que alguma dessas pessoas viesse com argumentos inteligentes para iniciar um debate, mas já percebi que é inútil.

Um comentário:

  1. Inútil debater com pessoas que pensam em defender pessoas, não ideais. Mas é engraçado ler o post destas pessoas. Não tem argumento, são cheios de uma fúria oca, simplesmente sem convicção, mas com uma paixão avassaladora, em janeiro, quando volta as coisas quase ao seu normal, estas discussões, esta troca de palavras acabam valendo de nada, elas nem lembram o que estavam falando, e escrevendo sobre a campanha que tanto defenderam. Ai a gente percebe a futilidade delas, e as nossas boas intenções, ao demonstrarmos que as nossas mentes não se entorpeceram por causa de promessas indiciosas de alguns poucos "espertos" que tentam... nos arrebatar para as suas "não-causas". Mas quer saber.... Vou deixar meus comentários, vou ser racional e eloquente, desta forma quem sabe a gente não consiga mudar as coisas neste pais... uma pessoa de cada vez...

    ResponderExcluir